Secretaria de Educação de Meridiano-SP cria estudo do plano de retomada das aulas presenciais

Educação em 19 de janeiro, 2021 11h01m
Facebook Twitter Whatsapp

A Secretária de Educação de Meridiano Gisele Girardi, juntamente com a Prefeita Municipal Márcia Adriano participaram na última quarta-feira, 13 do encontro online promovido pelo Governo do Estado 645 prefeitos.
Na oportunidade foi anunciado investimento de R$ 80 milhões para ampliação de oferta de vagas em creches e para infraestrutura e também foi anunciado o retorno às presenciais com cerca de 35% dos alunos a partir de 1º de fevereiro.
“A Educação é fundamental para todos nós que somos pais, temos filhos que há mais de 12 meses estão distantes de suas aulas, do ensino, de seus professores e que precisam, com critério, com planejamento retomarem suas aulas”, disse o Governador João Doria.
“Hoje, a ciência nos mostra que o espaço escolar é seguro desde que realizemos todos os protocolos corretamente. Como Governo do Estado, estamos seguindo a ciência e junto com as prefeituras, vamos avançar para priorizar cada vez mais a educação, abrindo nossas escolas para todos os estudantes”, explicou o Secretário da Educação, Rossieli Soares.
Para que o retorno às aulas seja feito com segurança o município de Meridiano, através dos gestores da educação elaboraram um plano de retorno que está sendo avaliado, discutido e estudado para que ele seja eficaz.
Em contato com a secretária Gisele Girardi, ela disse que até este momento as medidas são a logística, primeiramente. “Já falei com o responsável dos ônibus para deixar tudo certo para que os estudantes possam utilizá-los com segurança. A alimentação dos alunos também já está sendo providenciada para que possamos fornecer merenda escolar de boa qualidade no retorno de nossos alunos”, explicou.
Outra parte importante citada pela secretária também contido no plano de retomada das aulas é a respeito vigilância sanitária que também está sendo consultada para que as medidas de proteção dos alunos e servidores seja eficiente, tanto para análise dos casos de Covid-19 no município, quanto para um levantamento dos EPIs de proteção dos agentes de educação e nos alunos. “A prefeita Márcia está tomando ciência de cada atitude que tomamos aqui, portanto está de acordo com as providências que serão tomadas. Todas as decisões que o conselho tomar será repassado à ela antes de ser executado”, disse. “Reuniões frequentes estão sendo realizadas com a participação da prefeita, para decidirmos a melhor medida a ser tomada se caso as aulas voltarem”, completou a secretária Gisele.

Publicidade
Compartilhe esta notícia:
Facebook Twitter Whatsapp