Frutal agora conta com um Departamento de Proteção Animal

Causa Animal em 16 de junho, 2021 15h06m
Facebook Twitter Whatsapp

Pela primeira vez na história, a cidade conta com um departamento inteiro voltado para proteger e cuidar do bem-estar dos animais, criado em janeiro desse ano o Departamento de Proteção Animal, atualmente, funciona no mesmo prédio do Centro de Controle de Zoonoses, contudo as duas instituições cumprem papéis e funções completamente diferentes.

Pelo menos, é isso o que explica o coordenador do Departamento de Proteção Animal, Marlon César Bardauil. “Enquanto a Zoonoses tem como atribuição fundamental prevenir e controlar as zoonoses (como raiva e o calazar, doença de Chagas), o Departamento de Proteção Animal atua exclusivamente em casos em que houve maus-tratos e abandono de animais”.

Além disso, o departamento vai realizar em um antigo desejo da população frutalense: a castração em massa de animais domésticos e de rua. “É claro que um projeto dessa magnitude não acontece do dia para a noite, mas desde janeiro estamos realizando, semanalmente, a castração de cães e gatos. Em um futuro próximo, desejamos aumentar o número desse tipo de procedimento cirúrgico”.

Bardauil explica que, em breve, o Departamento de Proteção Animal deve contar com uma sede própria. “O prefeito Bruno está trabalhando incansavelmente para viabilizar que alguns órgãos do Executivo Municipal sejam instalados nos prédios que são de propriedade do DER. Para nós isso será de suma importância, visto que é completamente inviável acolhermos animais no Centro de Zoonoses, que muitas vezes abriga animais doentes e que podem acabar passando alguma zoonose para cães e gatos saudáveis”.

Publicidade

O coordenador do Departamento de Proteção Animal destaca que essa é a primeira vez que a causa animal recebe uma atenção especial por parte do poder público. “O Centro de Zoonoses em Frutal foi fundada há 21 anos, mas a causa animal nunca foi tratada como uma prioridade, nessa atual gestão a situação mudou e vamos conseguir dar atenção que os animais tanto merecem e precisam”.

Bardauil destaca que um dos grandes desafios do departamento será tentar diminuir o alto número de animais abandonados que circulam pelas ruas da cidade. “Para isso, é fundamental efetuarmos a castração e a chipagem desses animais, mas isso é algo que demanda tempo e recursos e estamos trabalhando para concretizar esse planejamento”.

Por último, o coordenador destaca que o Departamento de Proteção Animal funciona de segunda a sexta-feira das 7 às 17h e o telefone de contato é o 3423-2620.

Publicidade
Compartilhe esta notícia:
Facebook Twitter Whatsapp