MEMBROS DA ONG SE REUNIRAM NA PREFEITURA PARA RESOLVER A SITUAÇÃO DOS CACHORROS DE RUA

Causa Animal em 20 de abril, 2021 11h04m
Facebook Twitter Whatsapp

Na segunda-feira (19), o prefeito Ricardo Garcia e o vice-prefeito Craidim se reuniram com o representante da ONG Associação Amigos de Quatro Patas, César Donizetti (Cesar do Fula), atendendo ao seu pedido para tratar a respeito de algumas denúncias de cães de ruas que estão agindo de forma agressiva nas adjacências do bairro Jardim Trivelato.

Na ocasião, também participaram da reunião, as médicas veterinárias que também fazem parte da ONG, Janaína Otte e Érica Queiroz e também o Secretário de Meio Ambiente Marcelo Maluf e o Supervisor de Setor de Proteção Ambiental André Barbosa e os vereadores Adrianinho do Deca, Tché Tché, Alcênio, Divino e Geila.

Para evitar novos acidentes com os cães, foi sugerido o recolhimento dos mesmos e que sejam abrigados numa área de triagem da usina da reciclagem que está desativada, até que a obra do Canil Municipal que está em andamento seja concluída. Essa seria uma solução a curto prazo para sanar a problemática desses cães que estão agindo de forma agressiva e colocando algumas pessoas em risco no referido bairro.

Segundo Cesar do Fula, existem entre 200 a 300 cachorros de ruas em Itapagipe sem os devidos cuidados como castração e vacinas e o mesmo sugeriu que o futuro Canil Municipal ao invés de ser utilizado apenas para a estadia dos animais abandonados, fosse utilizado para castrações, tratamento e posteriormente, a disponibilização dos animais para adoção.

Publicidade

A cerca dos cães que serão resgatados e direcionados provisoriamente para a área de triagem, o vereador Alcênio se disponibilizou a arcar com os custos de ração durante os próximos 30 dias. Já o vereador Divino informou que conseguiu uma emenda de R$ 70 mil reais para ajudar na questão dos animais abandonados e que em breve será liberada para a prefeitura.

Foi sugerida também a criação de um projeto de lei que visa conscientizar e instruir as pessoas a respeito do abandono dos animais e também um projeto de lei que vise de alguma forma auxiliar a ONG com os custos e manutenções necessárias. Para que isso aconteça será necessário um estudo contábil e jurídico para verificar a possibilidade de uma subvenção por parte da Prefeitura de Itapagipe.

Ficou combinado em reunião que tanto o Legislativo como o Executivo estarão atentos para a questão dos animais de rua, de uma forma especial, para que em breve todas as questões envolvendo essa situação sejam resolvidas.

Publicidade
Compartilhe esta notícia:
Facebook Twitter Whatsapp