Dengue ou Covid-19? Saiba diferenciar os sintomas que são bem parecidos

Saúde em 28 de abril, 2021 16h04m
Facebook Twitter Whatsapp

Quem já sentiu dores no corpo, de cabeça ou febre em algum momento durante o último ano em que o mundo vem enfrentando a pandemia do novo coronavírus provavelmente suspeitou que pudesse ter contraído a Covid-19. É importante destacar que os sintomas causados pelo coronavírus também são comuns a diversas doenças, como a dengue, por exemplo. E com o período de proliferação do Aedes aegypti, mosquito que transmite Zika, Dengue e Chikungunya, a confusão causada nas pessoas pode ser ainda maior.

O cenário da pandemia também preocupa os especialistas. “A dengue e a covid-19 têm alguns sintomas comuns, como dores no corpo e cansaço. A dengue também causa um pouco de falta de ar, assim como a Covid-19 pode trazer manchas ao corpo”, destaca a médica Sandra Marcondes Carazo.

Sandra frisou que “a Covid-19 apresenta diferentes tipos de manifestações clínicas e uma delas é idêntica à dengue, quando o paciente apresenta sintomas como dores no corpo, de cabeça, cansaço, mal estar e até manchas no corpo podem aparecer”.

Os especialistas orientam que, em casos de qualquer sintoma, o recomendado é que o paciente recorra a um atendimento médico. É importante a avaliação do profissional de saúde. Ele dirá se a pessoa está com Covid-19 ou dengue. Esse diagnóstico é muito importante para o paciente saber o que fazer, principalmente porque os infectados com o coronavírus precisam ficar de quarentena em isolamento social.

Publicidade

De acordo com a coordenadora da Equipe Municipal de Combate às Endemias de Jales, Vanessa Luzia da Silva Tonholi, de janeiro até o dia 27 de abril deste ano, Jales registrou 67 casos positivos autóctones de dengue, 03 casos positivos importados e 241 notificações. “Embora não seja um número alarmante, a população e nossa equipe da Saúde precisamos ficar em estado de alerta, porque os números de notificações vêm aumentando, alguns bairros que nos preocupam um pouco mais devido ao número de casos registrados, então precisamos sim, ficarmos atentos e nos prevenir”.

Vale lembrar que a dengue é uma doença viral que costuma ficar em alta até o mês de maio na região sudeste do país, quando habitualmente a curva epidêmica diminui. Entre os sintomas da doença, estão a febre alta, ou seja, acima de 38 graus, dor de cabeça na área dos olhos, dor intensa no corpo e falta de apetite.

Com relação à Covid-19, de janeiro ao dia 27 de abril, Jales registrou 2.569 novos casos confirmados para a doença. Atualmente o município possui 652 casos suspeitos aguardando o resultado dos exames.

Também é importante destacar que a Covid-19 e a dengue podem coexistir na mesma pessoa, no mesmo momento ou sequencialmente. Por essa razão, ainda que o país esteja num cenário de pandemia, no qual a Covid-19 é uma das principais doenças, é preciso suspeitar de outras enfermidades.

Publicidade
Compartilhe esta notícia:
Facebook Twitter Whatsapp