Prefeito em exercício de Rio Preto visita obras em novas unidades de saúde

SAÚDE SMCS Rio Preto em 20 de agosto, 2019 07h08m
Facebook Twitter Whatsapp

Ao lado do secretário de Saúde, Eleuses esteve na UPA do Santo Antônio que passa por reforma e ampliação

O prefeito em exercício Eleuses Paiva e o secretário de Saúde de Rio Preto, Aldenis Borim, visitaram na manhã desta segunda-feira, dia 19, Unidades Básicas de Saúde da Família que estão em construção, além da UPA Santo Antônio (região CEU) que passa por reforma e ampliação.

A primeira unidade visitada foi a UBS do Vida Nova Fraternidade II. O novo conjunto habitacional localizado na região Sul, próximo ao residencial Village Dahma e à Estância Bela Vista, vai receber quase 1.300 residências, uma escola de ensino infantil com 1,8 mil m², além da UBS com 777,79 m2, ampliando a estrutura para atendimento à população. As obras são realizadas pela Pacaembu Construtora e entregues à administração municipal. Os prédios serão construídos seguindo os conceitos de acessibilidade e funcionalidade, de acordo com a legislação. Os equipamentos públicos foram pensados para justamente atender as demandas do Fraternidade I e II. A nova unidade de saúde terá 8 salas.

A segunda unidade visitada foi a Unidades Básicas de Saúde da Família do Luz da Esperança. A nova unidade tem custo de R$ 1.934.678,21, sendo R$ 1.076.000,00 viabilizados por emenda parlamentar do então deputado federal Edinho Araújo, e R$ 858.678,21, de contrapartida municipal. A empresa responsável pela obra é CONHIDRO Construção EIRELI EPP. A unidade será construída na rua José Toshiba, no loteamento residencial Luz da Esperança, em uma área de 4.530m2, sendo 625m2 de área construída. Os ambientes internos incluem nove consultórios – para atendimento de odontologia, enfermagem e ginecologia – salas de procedimentos, curativos, coleta, vacina, inalação, farmácia, sala para os agentes de saúde e salas administrativas.

As salas de espera e de recepção serão amplas e climatizadas. A unidade também já será inaugurada, seguindo as normas que preveem acessibilidade. Como diferencial, terá gerador de energia próprio, visando à continuidade dos atendimentos em caso de falta de energia.

Com a construção da UBSF Luz da Esperança, cerca de 25 mil pessoas, que hoje são atendidas na UBSF São Deocleciano, devem ser beneficiadas.
Tanto a UBSF do Nova Fraternidade quanto do Luz da Esperança o prazo para conclusão da obra é dezembro deste ano.

“Estamos readequando nossas UBS’s, das 27 UBS’s, 60% vai passar ou por reforma, ou por ampliação. Em alguns casos haverá reforma e ampliação. Até dezembro acredito que tenhamos condições de atender com mais qualidade a população”, disse o prefeito em exercício Eleuses Paiva.

Para o secretário de Saúde, Aldenis Borim, as novas unidades vão elevar o nível dos atendimentos. “São padrões muito elevados. Vai beneficiar no número de consultórios, de profissionais, na qualidade. Na sala de espera todos com ar-condicionado. Benefício tanto qualitativamente como quantitativamente, ou seja, maior que as outras”, explicou.

Nova Anchieta

Publicidade

Outra unidade que deverá ser entregue a população é a nova UBSF Anchieta. A atual unidade fica na Philadelpho Gouveia Neto, 805 – Vila Novaes. Após a conclusão das obras, os serviços serão transferidos para a nova unidade e o atual prédio será desativado. A UBSF Anchieta é uma das mais antigas de Rio Preto, estando em funcionamento há mais de 30 anos. A unidade ficará na avenida Maria da Silva Doria, esquina com as ruas Itanhaém e Iriritiba, no bairro Residencial Santa Rosa I.

O investimento na obra é de R$ 2.114.632,43, sendo R$ 1.076.000,00 viabilizados por emenda parlamentar do então deputado federal Edinho Araújo, e R$ 1.038.632,43, de contrapartida municipal.A empresa responsável pela obra é a construtora Madri Iski. A unidade será construída em um terreno de 5.855,45m2, sendo 652m2 de área construída.

“Vamos dar um salto, e gostaria depois que a população conhecesse as unidades. Estamos redimensionando nossa rede de tal maneira que não será diferente do Centro Médico de Especialidades, do nosso Laboratório, estamos fazendo padrão privado. O SUS nosso é padrão privado”, lembrou o prefeito Eleuses Paiva.

Reforma e ampliação

A última unidade visitada nesta segunda-feira foi a UPA do Santo Antônio.  As obras na unidade incluem a construção de um novo setor, com 264m2, para abrigar uma sala de observação com oito leitos, salas de raio-X, gesso, eletrocardiograma e sutura.

A reforma da unidade, em área de 684m2, inclui ampliação e adequação da sala de espera e recepção, adequações elétricas para colocação de ar-condicionado, adequação de acessibilidade, troca de pisos, pintura e reforma dos sanitários.

Localizada na região CEU de Rio Preto, a UPA Santo Antônio atende em média 6.374 pacientes por mês. Com a reforma e a ampliação de sua capacidade instalada, haverá uma melhoria significativa na ambiência e consequente conforto aos usuários. Após a conclusão da obra, a unidade deverá oferecer atendimento em pediatria.

“Era muito pequena por ser urgência, quase que os moradores dessa região se dirigindo para outras Upas, como Jaguaré, a Upa norte, sendo subutilizada e sobrecarregando as demais” lembrou o secretário Aldenis Borim.

O prefeito Eleuses Paiva lembrou que a unidade é importante para a região. “Estamos mudando toda a estrutura de urgência e emergência. Estrutura era muito precária. Leitos de emergência nós tínhamos apenas dois e agora estamos indo para sete leitos de emergência, 12 leitos de recuperação. Agora sim estamos com uma estrutura de UPA para atender a população”.

Publicidade
Assuntos:
Compartilhe esta notícia:
Facebook Twitter Whatsapp

Notícias relacionadas