PRATA - ABASTECIMENTO INTERMITENTE. COPASA UMA VERGONHA EVIDENTE!

Jornal Pratense em 13 de outubro, 2020 10h10m
Facebook Twitter Whatsapp

Em mais uma nota a Copasa, busca reiteradamente explicar sua ineficiência, diante ao aumento do consumo, a seca vivida neste ano, com a falta de chuvas, situação que é sabida por todos pratenses e mineiros, onde há anos a Copasa explora a captação de água, explora os consumidores com elevadas taxas e cobranças exorbitantes por serviços não prestados ou mal prestados, como o caso do tratamento de esgoto em várias cidades e, mesmo assim não há investimentos para resolver a falta de água.
E logico, que o aumento no consumo de água aumenta, quando uma cidade, uma região está crescendo e recebendo mais pessoas de outras regiões e, a cada cavalete (registro) assentado, a Copasa deveria ter a percepção de que está aumento o consumo, está aumento a sua renda com as altas tarifas e, assim se faz necessário aumentos o seu potencial de captação e distribuição de água; isto é algo básico, mas nunca levado em consideração pela estatal mineira.
E com isto, repetidamente os consumidores tem que se dar por convencido com seus informativos e notas, buscando explicar sua ineficiência, como este recebido: A Copasa informa que, devido ao aumento do consumo de água em Prata, ocasionado pela elevação da temperatura, o abastecimento dos bairros Jardim Gabriela e Mário Arantes foi comprometido na tarde deste domingo (04/10). Técnicos da Companhia trabalham para regularizar a situação o mais breve possível. A previsão é de que o fornecimento seja normalizado, gradativamente, na noite de hoje (04/10). Manobras operacionais estão sendo feitas com a finalidade de minimizar os impactos da intermitência.  
Realmente, a Copasa precisa rever seus conceitos, pois isto não acontece somente em Prata e sim na maioria das cidades da região ou a população precisa se mobilizar e fazer um abaixo assinado coletivo e regional e, judicializar a situação.

Publicidade
Compartilhe esta notícia:
Facebook Twitter Whatsapp

Comentários