Peixes aparecem mortos em superfície do Rio Tijuco entre Prata e Uberlândia

Jornal Pratense em 13 de outubro, 2020 09h10m
Facebook Twitter Whatsapp

CETESB esclarece possíveis causas para o fenômeno e secretaria de Meio Ambiente acompanha o acontecimento

Centenas de peixes apareceram mortos na superfície do Rio Tijuco, que faz divisa entre os munícipios de Prata e Uberlândia. Vídeos divulgados nas redes sociais mostraram os peixes boiando na água. O secretário de Meio Ambiente, José Pio Junior, foi até o local e por meio da secretaria solicitou a um laboratório a análise para apurar as causas. Porém, a Companhia Ambiental do Estado de São Paulo – CETESB – esclareceu o ocorrido. 
A nota emitida pela companhia diz que “devido a diminuição de vasão no Rio Tijuco, houve a exposição de rochas basálticas, que por terem uma coloração mais escura, retém propriedades de absorção do calor. Com a exposição, a temperatura da água subiu”.  
Ainda de acordo com a instituição, a temperatura da água é um dos fatores ecológicos mais importantes para os peixes, sendo que a tolerância a temperaturas extremas depende da espécie, do estágio de desenvolvimento e do período de aclimatação. Em altas temperatura, há o aumento da taxa metabólica dos organismos, acarretando maiores gastos energéticos e consumo de oxigênio.  
Outro fator que também pode ter acarretado a morte dos peixes são as pancadas de chuvas isoladas, provenientes do período chuvoso que está prestes a iniciar. O secretário de Meio Ambiente explicou por meio das redes sociais, que essas chuvas isoladas, talvez sejam o suficiente para propiciar o carregamento de poluentes oriundos da produção agrícola e principalmente, os poluentes acumulados em rodovias durante todo o período seco para o rio. “Essa intensa carga de agentes na água, somado ao fato do aumento da demanda de oxigênio, acarreta naturalmente a mortandade da epifauna. Devido ao intenso período de aumento de temperatura que se estende entre os meses de setembro e outubro, esse fenômeno se apresenta de forma mais pronunciada. A pasta reitera seu compromisso com a conservação ambiental e desenvolvimento sustentável no município”, afirmou José Pio.

Publicidade
Compartilhe esta notícia:
Facebook Twitter Whatsapp

Comentários