Secretaria de Cultura inaugura sede própria na Praça Getúlio Vargas

Cultura em 13 de novembro, 2020 15h11m
Facebook Twitter Whatsapp

Secretária de Cultura Letícia Gardim

Espaço, onde funcionava a antiga Biblioteca, passa a expor obras de artistas locais e valoriza talentos da “Nossa Terra”

Ao som da banda municipal, a sede própria da Secretaria de Cultura foi inaugurada. O espaço, chamado de Benedito Antônio Miranda Tiradentes Borges, homenageia ele, que é historiador e tanto contribuiu para o desenvolvimento do Prata. O evento, realizado pela Prefeitura, por meio do departamento de Cultura, que tem a frente a primeira dama Letícia Gardim Amui, reuniu artistas locais, autoridades políticas, familiares do homenageado e a comunidade. 
Com isso, a sede da secretaria de cultura agora também passa a abrigar obras de artistas locais. Logo na entrada, um mosaico com fotos homenageia vários talentos. O cantor Silvio dos Santos Silva Junior, cantor da ‘Checão e Banda’ – marcou presença na inauguração e acredita que esse trabalho irá valorizar ainda mais a cultura no Prata. “Esse espaço veio coroar tudo aquilo que fazemos todos os anos, tocando e levando alegria para toda população pratense. Veio nos valorizar cada vez mais. Muito bom saber que a divisão de Cultura, valoriza seus talentos, são parceiros, divulgando nosso trabalho no dia a dia. Quero parabenizar a Letícia que assumiu a pasta recentemente e ‘chegou chegando’, transformando e realizando um trabalho de excelência”, diz. 
A artista plástica Veridiana Alves Silva tem uma de suas obras expostas no local, um quadro de Jesus Cristo. Ela que já trabalha com pinturas a mais de 20 anos, conta que começou sozinha e somente mais tarde, fez cursos para se aperfeiçoar. Para ela, esse espaço é uma grande conquista. “É maravilhoso, uma oportunidade ímpar para mostrarmos nossa cara, nosso valor e nosso dom. Porque tudo isso é dom de Deus. Tem obra de todos os estilos, uma mais linda que a outra e para mim esse é um marco histórico”, reforça.    
O espaço, localizado na praça Getúlio Vargas - onde funcionava a biblioteca municipal, é um bem inventariado, por isso passou por uma revitalização, mas sem perder as características do prédio.  A secretária de Cultura, Letícia Gardim, explica que a sede será também uma “Casa da Cultura: “A nossa proposta é dar visibilidade, tanto as impressões artísticas como as culturais.  O Prata é muito rico nisso. E muitas vezes as pessoas não conhecem, os grupos promovem suas culturas, mas de maneira isolada. Aqui é para acolher todo mundo e para todos terem acesso a essas riquezas que o Prata produz. Aqui é esse lugar”, finaliza. 

Publicidade
Compartilhe esta notícia:
Facebook Twitter Whatsapp